Ontem meu passado passou por mim, como um raio de tão rápido, como um rastro de lembranças que ficaram. Um lembrete de como a vida muda.

Ontem meu passado resolveu bater na porta do meu consciente e me fez recordar de como sonhamos planos para um futuro que nem chegamos a cumprir, de como ligamos nossas vidas por determinado momento. Nossas famílias formaram uma só.

Por falar em futuro, juntos imaginamos nossa casa, nossos filhos e viagens pelo mundo a fora. Aquela velhice linda que vemos em filmes nem teve vez, tudo seria para sempre, sem fim, eterno… eterno só mesmo na imaginação. Sabe aquelas lembranças de momentos que construímos no pensamento?! Aposto que você sabe, são essas mesmo que a gente cisma em inventar sem nem ter vivido.

Engraçado como nós temos o poder de imaginar todo um futuro sem cuidar do presente, presente esse que iria nos proporcionar momentos inesquecíveis. Pode parecer triste ver tantos planos escorrerem pelos dedos, e pensando bem é triste mesmo, mas viver é isso, é lembrar do passado, cuidar do presente e construir o futuro.

Ontem meu passado me fez olhar o que passou, o que se foi e o que fomos um dia para me mostrar o futuro, não o futuro pensado no passado, mas sim, o novo futuro. Um futuro incerto, sem companhia e planos a dois, sem momentos felizes ou tristes, sem brigas ou risadas. Um futuro com total autonomia e independência, você por você mesmo. Eu sei, é louco imaginar uma vida toda sem nem saber o que vai acontecer amanha, mas ainda assim penso num futuro que virá de alguma forma e esse futuro eu construo agora, no presente e sem o meu passado, só a bagagem de aprendizados que ele me deu.

Ontem meu passado sem saber me fez ter vontade do presente, do agora, de mim por mim mesmo, e o que vir do futuro será o que eu sonhar no hoje.