As pessoas podem reclamar da falsa ideia de “Ano Novo, vida nova”, mas o Ano Novo é realmente a melhor época para estipular metas e se desapegar do que te fez mal. Como diz o ditado, fique o que for bom. Pois bem, pensando nessa energia propícia a mudanças que só um bom começo de ano nos dá, separamos sete filmes para você assistir, se motivar e mudar de vez em 2018! E esqueça aquelas promessas de começar uma dieta ou parar de procrastinar. Estamos falando de coisas que realmente podem impactar sua vida. Deixe seu foco em ser saudável – física e mentalmente – e já está com tudo o que precisa para ter um ano excelente. Mude o que depende de você e não deposite expectativa no que não depende. Dito isso, vamos aos filmes que vão nos ajudar nessa nova caminhada?

  1.   Segunda da Felicidade – A Vida é Bela (1997)

Primeiro dia do ano é logo uma segunda-feira. Hora de colocar os planos em prática! E quer plano mais importante do que a felicidade? La Vita è Bela é uma comédia dramática italiana, dirigida e estrelada por Roberto Benigni. O ator interpreta o humilde Guido Orefice, que faz de tudo para conquistar a bela Dora (Nicoletta Braschi). De fato, depois de anos o rapaz consegue convence-la a lhe dar uma chance e os dois se casam. Juntos, eles têm um filhinho chamado Giosué (Giorgio Cantarini) e tudo estaria bem, se não fosse pelo governo nazi-facista chegando no país na década de 40. Como Guido é judeu, eles são levados a um campo de concentração. Lá o rapaz faz de tudo para entreter seu filho e o fazer crer que aquilo é um jogo e que tudo ficará bem. É um dos filmes mais emocionantes que já vi. Fala sobre felicidade de forma crua e bonita. Fala sobre como, quase sempre, a nossa felicidade depende de nós mesmos. A mensagem de A Vida É Bela nos faz olhar para dentro.

  1.   Terça do Autoconhecimento – Questão de Tempo (2013)

“O que eu faria no lugar dele? O que eu mudaria se pudesse voltar no tempo?” – essas são as perguntas que o telespectador de Questão de Tempo mais se faz enquanto assiste a comédia romântica britânica. Quando Tim Lake (Domhnall Gleeson) faz 21 anos, o seu pai (Bill Nighy) conta um segredo que vai mudar sua vida: os homens da família conseguem viajar no tempo. E nessas idas e vindas no relógio, Tim vai descobrindo sobre suas verdadeiras prioridades e, mais importante ainda, sobre as consequências que todas as nossas ações têm. Se vocês ainda não assistiram, tá mais do que na hora! Um filme lindo, que nos faz pensar muito. Tire uma terça-feira para se dedicar somente a você!

  1.   Quarta do Amor – Um Dia (2011)

Como dizem, é impossível ser feliz sozinho. Pensando nisso, decidi escolher um filme que dá muita vontade de amar para a quarta-feira: Um Dia. Emma Morley (Anne Hathaway) e Dexter Mayhew (Jim Sturgess) se conhecem, em 1988, na noite de formatura da Universidade. Ambos seguem diferentes rumos na vida, mas a amizade e o carinho que sentem um pelo outro permanecem durante anos. O filme nos mostra a história desse casal, mas o mais legal é que só vemos um dia desses vários que passam juntos: 15 de julho. Não é um filme cheio de felicidade até o fim, mas nos ensina muito sobre dar o nosso coração para alguém, apesar de todos os riscos. Porque amar pode sempre nos machucar, a questão é entender que por algumas pessoas vale a pena.

  1.   Quinta da Amizade – As Vantagens de Ser Invisível (2012)

Ninguém é perfeito e todos nós sabemos disso. Mas Charlie (Logan Lerman) sente isso na pele todos os dias. O menino tem muitos problemas para socializar, sendo sempre o excluído do colégio. Quando muda de escola, seus nervos ficam a flor da pele e a ansiedade de estar cercado de desconhecidos só piora tudo. Mas, seu novo professor de Literatura, Bill (Paul Rudd), parece ver um grande potencial no menino. É aí que Charlie conhece duas pessoas muito especiais, Patrick (Erza Miller) e Sam (Emma Watson), que fazem com que ele finalmente perceba o quanto a amizade pode mudar sua vida. Use essa quinta-feira da amizade para agradecer a todas as pessoas que estão com você e pensar em quem você quer se aproximar nesse 2018.

  1.   Sexta dos Sonhos – La La Land (2016)

O que um dos filmes mais falados de 2017 passa pra gente é claro: não desista dos seus sonhos. E apesar de toda a polêmica que causou – pessoas amando, pessoas odiando -, a esperança que ele dá, ou pelo menos tenta dar, para sua audiência é ímpar. La La Land nos apresenta a sonhadora atriz Mia Dolan (Emma Stone) e o pianista Sebastian Wilder (Ryan Gosling). Ambos tentam sobreviver no meio artístico da terrível Hollywood, e em meio de brigas, desencontros e fracassos, continuam persistindo, atrás do que mais querem. Me lembro perfeitamente da sensação que senti ao sair do cinema. Vontade de me apaixonar, de seguir meus sonhos, de até quebrar a cara. Mas, acima de tudo, vontade de acreditar. Nada mais propício para um ano que começa e para o início de um  final de semana!

  1.   Sábado da Coragem – High School Musical

“O que? High School Muscial com Ano Novo? Como assim?” o leitor comum, não fã do grande musical de nossa geração pode estar se perguntando. Mas, como todo bom admirador da franquia sabe, o casal mais querido do universo Disney, Troy Bolton (Zac Efron) e Gabriella Montez (Vanessa Hudgens) se conheceram no karaokê de uma festa de Ano Novo. E, fala sério, não seria uma meta maravilhosa encontrar o amor da sua vida em uma noite especial dessa? Então, aproveito esse filme para deixar uma dica: não tenha medo de tentar coisas novas. Nem de passar vergonha! Na maioria das vezes, isso está tudo na nossa cabeça. Imagina como seria a vida de Gabriella, que era super tímida, se tivesse cedido ao medo e nunca subido naquele palco do karaokê? Então vai naquela festa que sempre tem sábado e você nunca foi, fala com aquela pessoa… Quem sabe seu Troy ou sua Gabriella está por aí.

  1.   Domingo da Família – Pequena Miss Sunshine (2006)

Domingo é dia de família. E que tal conhecer a família Hoover? Em meio a confusões financeiras e a chegada de um tio que estava internado em um hospício, Olive (Abigail Breslin) descobre que passou para o concurso de Pequena Miss na Califórnia. Então, seus pais, seu irmão – que está fazendo um voto de silêncio -, seu avô e o tio partem em uma viagem até o Estado. Esse filme é tão especial que nem sei como começar! Primeiro que é sempre bom assisti-lo quando sua família estiver passando por uma fase ruim, para se lembrar que todos – todos mesmo – temos problemas. Mas, além disso, é emocionante ver a pequena Olive, totalmente fora do padrão de Miss, ser confiante e correr atrás dos seus sonhos. E quando se sente insegura – afinal, ninguém é de ferro – a família está lá para apoia-la. Seja seus parentes de sangue ou não, humanos ou não, é sempre bom saber que você pode sempre contar com eles!